31 dezembro 2011

Feliz Ano Novo!


Benvindo, Ano Novo!

Que você possa trazer tudo de mais especial que há para todo mundo que passou aqui pelo Pensamentos "y otras cositas" em 2011 :)

30 dezembro 2011

Minha principal resolução de Ano Novo


Oi pessoal,

Pra quem gosta de animais este ano foi cheio de notícias tristes e revoltantes: cães espancados até a morte, outros enterrados vivos e outros, ainda, arrastados pelo asfalto pelo próprio dono que deveria protegê-los.

Infelizmente, diante destas coisas, pouco podemos fazer além de denunciar e esperar que alguma atitude por parte das autoridades competentes seja tomada.

Mas tem outra crueldade que vitima centenas, talvez milhares de animais pelo mundo e contra a qual podemos fazer muita coisa. O uso de animais em laboratórios para testes de produtos que utilizamos no nosso dia-a-dia, sejam cosméticos, perfumes, produtos de limpeza e até mesmo materiais de escritório.

Ver o vídeo dos beagles libertados após passarem a vida dentro de laboratórios - clique aqui para ver -, me emocionou e chocou. Nunca pensei que "cachorrinhos bonitinhos" também fossem parar em laboratórios, por mais que soubesse que fofuras como coelhos também estão por lá. Mas, gente, é o Snoopy! rsrs

Daí fiquei pensando que não adiantava ficar com dó, chorar ao ver as imagens tocantes e fazer nada. Resolvi então ir atrás para saber quais marcas ainda testam seus produtos em animais e quais não.

Me surpreendi ao saber que empresas gigantes como a Johnson & Johnson e a Avon fazem esse tipo de testes e também fiquei muito feliz ao ver a enormidade de marcas que já excluíram a crueldade aos animais dos seus laboratórios.

Como as listas são todas muito extensas, vou deixar aqui os links e deixar que vocês as consultem.

Marcas 100% brasileiras que NÃO testam seus produtos em animais: 


Marcas internacionais que NÃO testam seus produtos em animais:


Marcas internacionais que TESTAM seus produtos em animais:


Dêem uma olhada e decidam, cada um de vocês, o que devem ou não fazer. Eu me decidi a mudar meus hábitos, na medida do possível e da disponibilidade. 

E se você acha que isso não tem importância nenhuma, que animais foram feitos simplesmente para servir aos homens, eu te convido a ver o vídeo dos beagles e continuar afirmando que um animal é só um animal.

Boicotar ao máximo marcas que ainda testam seus produtos em animais é a minha mais forte resolução para 2012! Espero que também possa ser a de vários de vocês :)

Feliz Ano Novo!

03 dezembro 2011

Dica de site: Série Maníacos



Atualmente eu tenho acompanhado umas 10 séries. Deixa fazer as contas aqui com vocês: Modern family - a maior dona do meu coração -, Glee - mesmo achando que não é mais tão boa como foi na primeira temporada -, The Big Bang theory, The good wife, Blue bloods, American Horror Story, Ringer, Hart of Dixie e Body of proof, além da maravilhosa Downton Abbey, que é uma pena ser tão curtinha!

Ainda não comentei de todas aqui, mas falei de algumas já, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui. Anyways, um dia eu procurava um site pra baixar séries e acabei topando com o Série Maníacos que, na verdade, é um site que contém informações sobre diversas séries, além de resenhas muito bacanas de episódios de várias delas.

O que mais gosto do site é isso mesmo de ler comentários de outros fãs das séries que já vi, até porque algumas delas eu sou a única pessoa que vê. Todo dia entro lá pra ver se tem alguma resenha nova, além de ser bacana eles passarem audiência da semana, séries canceladas, séries renovadas, séries que estreiarão.

A coisa é mega-específica pra quem curte série - o que é viciante, como o próprio Série Maníacos diz - e fica aqui a dica pra quem quer mais notícias das séries que já acompanha, lembrando que eles não disponibilizam download por lá!


28 novembro 2011

A beleza dos cães adotados (antes e depois)

Sempre que vejo um animal ser resgatado, o que mais corta meu coração é o medo, a desconfiança no olhar que eles sempre, sempre trazem.

Nestas fotos a seguir o que mais impressiona, além de ver como estão mais bonitos, é ver como o olhar dos animaizinhos se tornou mais feliz, mais tranquilo, mais confiante.






















































































Não é impressionante a diferença?

Calcula-se que 85% dos animais abandonados morrem nas primeiras três semanas nas ruas, principalmente por conta de atropelamentos.

Se neste Natal você achar que um animal é um bom presente pra dar, certifique-se de que o presenteado sabe que aquele cãozinho ou gatinho pode viver até 15 anos e precisará sempre de atenção, cuidados e carinho.

E se chegar a conclusão de que vale a pena dar um animalzinho, ou se quiser um bichinho na sua casa, ADOTE! De verdade: adotar é tudo de bom!!

Vi: Amor a toda prova


Alguns filmes a gente vai ver sem saber ao certo se vai curtir ou não. Outros a gente já sabe que vai gostar.

Amor a toda prova (Crazy stupid love, EUA, 2011) está entre os segundos. Porque tem um monte de ator que eu gosto, porque o trailer era fofo, porque a história eu já sabia ser bonitinha...

Eu reluto em chamar o filme de comédia romântica porque tem praticamente nada de comédia - mais drama até - e muito romance. Dando uma resumida na história, sem entregar muito: Cal - Steve Carell - é o marido que recebe, surpreso, a notícia dada pela própria esposa, Emily - Julianne Moore - que dormiu com um colega de trabalho e que quer se separar. Cal, desiludido, acaba conhecendo em um bar o bonitão pegador Jacob - Ryan Gosling - que dá uma ajeitada no visual e na auto-confiança de Cal, ao mesmo tempo que conhece Hanna - Emma Stone - e começa a repensar sua vida de garanhão. E ainda tem o filho de 13 anos de Cal e Emily apaixonado pela babá de 17...

O filme poderia ser mais curto - são quase 2h - e em alguns momentos é meio lento, mas, no geral, as histórias todas são tão bonitinhas, os diálogos divertidos e mesmo os clichês são perdoados.

Filme simples, simpático, bonitinho. Gostei mesmo.

19 novembro 2011

Séries: The Big Bang Theory


Quando todo mundo adora uma série e você demora um século para começar a assisti-la...

Na lista de cinema da qual participo no Yahoo!, The Big Bang Theory - que vou chamar de agora em diante de TBBT - tem vários fãs e eu já tinha pego um ou outro episódio na tevê e em uma viagem, mas nunca tinha parado pra acompanhar.

Mas aí, há umas duas semanas, baixei uns episódios da 1ª temporada e me apaixoxei!

A série é focada em quatro nerds e a vizinha linda de dois deles. Diálogos engraçados e surreais e situações idem me conquistaram, mesmo que a quarta temporada e esta atual, a quinta, não sejam tão divertidas como foram as primeiras - que foram, as duas primeiras, simplesmente perfeitas!

Jim Parsons é o hilário Sheldon incrivelmente inteligente mesmo que muitas vezes pareça tapado demais. Ainda dou risada quando dizem que ele é louco e ele responde sério que não é, que sua mãe "o testou" e o resultado foi negativo para loucura.

Leonard - John Galecki - mora com Sheldon e hoje em dia é o mais pegador dos três, tendo inclusive namorado a "mocinha" da história. Muita gente diz que ele é o mais sem-graça e o "escada" da série, que dá a deixa para os outros brilharem. Independente disso ser verdade ou não, gosto dele.

Howard - Simon Helberg - é hilário e um dos responsáveis pelas minhas maiores gargalhadas! Até arranjou uma noiva e deixou de lado suas cantadas podrérrimas, mas ainda diverte muito, principalmente com os diálogos com sua mãe super-protetora - e de quem só conhecemos a voz.

O lindinho do Raj - Kunal Nayyar - é o meu queridinho! Incapaz de falar com qualquer mulher fora de sua família se não beber, são dele os meus momentos preferidos, seja quando paquera toscamente, seja sofrendo por ser sozinho, ou quando brinca com sua própria sexualidade.

E a Penny, a linda Kaley Cuoco, é a garçonete que quer ser atriz e já namorou com o Leonard. O timing dela pra comédia é incrível e suas melhores cenas são com o Jim Parsons.

As participações especiais são ótimas, principalmente das mães de Sheldon e Leonard, mesmo que completamente politicamente incorretas.

Mesmo que a temporada não esteja lá grandes coisas, seguirei vendo porque ainda me arranca risadas e termino de ver cada episódio, levinha, feliz.

12 novembro 2011

Pour toi, mon amour (Jacques Prévert)


Engraçado como as coisas vêm na nossa cabeça, de repente. Tava aqui pensando e este poema, o primeiro que li na aula de Francês, veio à minha lembrança.

Pour toi, mon amour - "Para você, meu amor" - fala de amor mas fala, principalmente, da impossibilidade de prendermos quem realmente amamos.

Je suis allé au marché aux oiseaux
Et j'ai acheté des oiseaux
Pour toi, mon amour


Je suis allé au marché aux fleurs
Et j'ai acheté des fleurs
Pour toi, mon amour


Je suis allé au marché à la ferraille
Et j'ai acheté des chaînes
De lourdes chaînes
Pour toi, mon amour


Et je suis allé au marché aux esclaves
Et je t'ai cherchée
Mais je ne t'ai pas trouvée
Mon amour


**

Fui ao mercado de pássaros
E comprei pássaros
Para você, meu amor

Fui ao mercado de flores
E comprei flores
Para você, meu amor
Fui ao mercado de sucata
E comprei correntes
Pesadas correntes
Para você, meu amor

E eu fui ao mercado de escravos
E te procurei
Mas eu não te encontrei
Meu amor.