27 abril 2010

Notícias de Estreito (2)

Gente, que calor! Hoje minha irmã contou que chove há 5 dias em Foz. Mesmo sabendo de tudo de chato que vem com tanta chuva, queria estar no friozinho e na chuva.

***

Ontem fizemos um passeio delicioso a uma espécie de balneário chamado Cachoeira do Itapecuru. Aqui na região - principalmente na região da cidade de Carolina - tem cerca de 200 cachoeiras para serem visitadas.

Lá em Itapecuru são, na verdade, duas cachoeiras que desaguam formando uma piscina natural antes de seguir o curso do rio. Tem uns pedaços mais rasos, tem uma prainha com areia em uma margem e tem restaurante, bar, uma infra-estrutura boazinha - só a infra-estrutura humana que é bem precária.

Ficamos o dia inteiro. Aproveitei bastante e voltei queimada e cansada de ficar na água e brincar com os sobrinhos, mas valeu a pena porque foi muito, muito gostoso!

***

Por falar em estrutura humana... acontece algo bem chatinho aqui: o atendimento em toda parte é, no geral, bem ruinzinho. Como definiu uma amiga da minha mãe hoje, as pessoas não fazem questão que você compre o que elas vendem. Sim, encontramos pessoas gentis, vendedoras simpáticas, mas é raro. O mais comum é antipatia e pouco-caso. Das lojas ao balneário, passando pelo supermercado e pelo restaurante mais frequentado pelos meus pais. Uma pena. Pra eles!

***

Queria escrever um post sobre as diferenças tão explícitas entre aqui e Foz. Entre o interior do Maranhão e o interior do Paraná. Quem sabe eu coloco a idéia em prática proximamente - mas eu ando com tantos posts pendentes que tenho vergonha de prometer falar de qualquer assunto! - mas posso adiantar que, como pode parecer óbvio para alguns, as coisas são muito diferentes entre os dois lugares. Quando a gente viaja vê quantos Brasis existem dentro do Brasil!

***

Momento mulherzinha: falei há algum tempo do Blot da MAC e vou confessar que é o único item de maquiagem que tenho conseguido usar no calor que faz aqui. Ele tem me ajudado a controlar a oleosidade da pele e descobri que o bichinho é bom mesmo, viu? Pena que seu efeito não dure muito. Mas não o culpo: minha pele e o calor constante são os culpados!

E eu falei também, aqui, de cremes de tratamento noturno pra cabelo e disse que não tinha gostado/me acertado com o da L'Oréal, o Elsève Nutrição. Retiro o que disse: ontem usei-o em mim e na minha mãe para dar uma tratada na gandeia depois de um dia no sol e dentro d'água e adorei como meu cabelo amanheceu macio. Ele é bom, gente. como a Mel já tinha atestado nos comentários do post em que falei dele.

***

E por hoje é só porque não quero deixar esta postagem longa demais. Numa próxima vez conto otras cositas.

Ah, pra quem perguntou: minhas pernas estão menos emperebadas sim. Nada que um anti-estamínico e repelente usado até pra dormir não ajudassem a resolver.

3 comentários:

  1. Esta coisa de atendimento é fogo! Percebo que no nordeste (nasci e vivi lá minha vida inteira) a coisa é mais chatinha. O pessoal não se esforça muito, é mais relaxado! Aqui em Brasília é tudo mais certinho, acho o atendimento melhor. Mas não tem aquelas praias!! Ai, ai... não se pode ter tudo, né? Bem, quanto as picadas de insetos, é super chato... o maior problema são as manchas que ficam depois. Alguma dica?

    ResponderExcluir
  2. SHEILA,

    DESCULPE FUGIR AO TEMA PROPOSTO.

    PORÉM TENHO UM CONVITE. LEIA:

    "O COMPORTAMENTO SEXUAL DO POVO BRASILEIRO",

    QUE É A CRÔNICA/PESQUISA DO BLOG DE HUMOR:

    "HUMOR EM TEXTO", DESTA SEMANA.

    SAIBA A VERDADE, COMPROVADA SOCIOLOGICAMENTE, E

    TIRE SUAS CONCLUSÕES.

    VOCÊ PODERÁ NÃO ACREDITAR.

    SÓ CONFERINDO.

    UM ABRAÇÃO CARIOCA.

    ResponderExcluir
  3. Oi Lanny,

    O atendimento é péssimo, guria! E relaxado no pior sentido! Ontem fomos em um restaurante que meus pais gostam e o garçom - velho conhecido pela antipatia - não disfarçava a impaciência por demorarmos a pedir, por exemplo! Eu imagino que as pessoas daqui nem notam isso, mas quando a gente vem de centros maiores - uau, nunca pensei em incluir Foz nisso antes! rsrs - a gente se choca e se irrita.

    Das marcas das picadas, felizmente acabo não ficando com a pele marcada, acho que minha cicatrização é muito boa, não penso em outra coisa. Mas sol ajuda! O pseudo-bronze que tomei domingo escondeu muita coisa. O melhor mesmo é conseguir evitar as mordidas...

    Beijocas e boa semana.

    ResponderExcluir