04 setembro 2009

O Murilo José

Dando uma pausinha na monografia - escrevendo o capítulo sobre literatura de autoria feminina - fui ler as postagens recentes dos blogs que acompanho e li um post muito lindo da Elaine, pessoa que aprendi a admirar pela sua firmeza de opinião e pela transparência que tá ali no Um pouco de mim pra quem quiser ver.

Ela contou da primeira vez que pegou sua sobrinha mais velha nos braços e, ao comentar, eu lembrei que amanhã - dia 05, sábado - é aniversário do Murilo, meu sobrinho mais velho. Ele, claro, é esse gatinho da foto aí em cima, filho do meu irmão que se casará dia 19.

Eu soube do Murilo antes do pai dele, antes dos avós, antes de quase todo mundo. Foi pra mim que minha cunhada, então com recém-completados 15 anos, contou que estava grávida, ainda no hospital, onde foi passando mal com uma tia. Meu irmão tinha 17 anos e foi aquele choque! Avó chorando de um lado, outra avó hipertensa quase passando mal do outro... Todo mundo surpreso, assustado, mas certo de que a única decisão a tomar era acompanhar o casal e esperar o bebê.

O Murilo é a cara do meu irmão! Muito parecido mesmo, desde que nasceu! E antes dele nascer eu sonhei com ele bebezinho, com a mesma carinha que tinha quando fui visitá-lo no hospital, assim que nasceu. Quem me conhece bem sabe que não sou de achar recém-nascido bonito - muuuito pelo contrário! -, mas o Murilo era lindo de viver! Um narizinho lindo - herança do pai - cabelinho ralo clarinho - herança materna. E ganhou um segundo nome, José, em homenagem ao avô paterno - o Painha!

Eu não consigo descrever o quanto o amo. Eu amo todos os meus sobrinhos, mas de forma diferente. Com o Murilo e o Gustavo - irmão de 6 anos dele - eu tenho mais afinidade, parece que consigo lidar com eles de forma muito leve, muito tranquila.

Mas o Murilo foi o primeiro. A descoberta do que é ser tia. A diversão de nos meus dias de folga pegá-lo em casa - no mesmo condomínio que eu morava - e trazê-lo pra casa da minha mãe - nessa aqui onde tô morando agora. Levá-lo pra dormir em casa. Ver filmes com ele. Ser chamada de mãe quando ele começou a falar - tá, ele chamava todas as mulheres com as quais convivia de mãe, não foi privilégio meu... rsrs

Ele tem uma carinha de anjo mas tem uma personalidade forte e já demonstra algumas características que precisarão ser moldadas com o tempo. Mas é amoroso, beijoqueiro, inteligente, espirituoso e muito engraçado!

E tá fazendo 8 anos. É clichê, mas como o tempo voa!

Meus desejos para o Murilo e os meus outros sobrinhos são permanentes, não apenas votos de aniversário: eu desejo que o Murilo seja, acima de tudo, uma pessoa de bem, que seja honesto, compassivo, curioso com o que importa, que não perca nunca o olhar manso e o sorriso lindo - e nem o queixinho parecido com o do Obama! - que continue me beijando e que não tenha vergonha quando ficar maior de andar grudadinho em mim como faz agora - quando estamos juntos, pelo menos.

E eu desejo que amor, que saúde, que paz, que alegrias, que sucesso sejam ingredientes diários na vida dele, um dos maiores amores da minha vida.

5 comentários:

  1. Oi Sheila!

    Felicidades pro seu sobrinho Murilo! Que Deus o abençõe!

    Meu filho Daniel também faz aniversário hoje! Ele faz 16 anos.

    Então, quando o Murilo nasceu Daniel fazia exatamente 8 anos!!! igual ao Murilo hoje. Que legal! Coincidências....kkkk

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Sandra querida,

    Esse carinho é a sua cara!

    O Daniel é 1 ano mais novo que meu irmão mais novo, que completa 17 no final deste mês.

    Felicidades pro Daniel, pro Murilo. Que eles continuem sendo estrelinhas em nossas vidas!

    Bjks.

    ResponderExcluir
  3. Nhai, essas crianças que só dão alegria pra vida da gente!

    Sheila, a frasqueira eu vi no folheto de promos do Shopping China, uma loja dentro de um shopping também chamado de China, em Salto del Guairá. Não sei se tem em Ciudad del Este.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Sheila, meldeeeeels do céu, ainda bem que você viu que eu tinha errado lá no post sobre os removedores, uahahahhaahhahah...

    Já arrumei lá no post e dei o crédito pra você. Ai que vergoooonha. Mas é verdade, depois que senti o efeito do removedor da Avon, ele virou meu queridinho, não deu pra disfarçar, né? kkkkkkkkkkkk

    Beijos, Sheila. E mais uma vez, obrigada!

    ResponderExcluir
  5. PS - eu já fui nessa loja América, é uma coisa de doido, gente! Comprei meu mp4 lá e ele não funcionou. Daí, minha amiga voltou lá pra trocar e os caras trocaram, olha só! Sem nota fiscal nem comprovante de "PAGO", nem nada!

    Beijos!

    ResponderExcluir