Pular para o conteúdo principal

As coisas no começo de 2010


Ontem alguém comentou comigo que não tem escrito em seu blog porque ninguém lê. Eu justifiquei dizendo que tá todo mundo em clima de férias, inclusive eu que, não posso cobrar que ninguém me leia se também ando em clima de férias e lendo outras coisas. De qualquer forma...

***

Não tô mais morando sozinha. Meu irmão Leandro, de 17 anos, veio morar comigo. Ele estava lá em Estreito com meus pais até o ano passado. Claro que tem a adaptação de voltar a morar com adolescente, mas estamos indo bem. Nos damos bem. Não posso, sinceramente, dizer uma coisa que me irrite absurdamente porque com ele é fácil conversar e resolver as coisas. Espero que continue assim, né? rsrs

***

Ontem comprei minhas passagens pra ir pra São Paulo em março ver o show que o A-ha fará na cidade, em sua turnê de despedida Ending on a high note. Só falta o ingresso, mas isso está sendo providenciado. Talvez eu tenha mancado porque fiquei na dúvida entre ir pra lá ou Bauru, no interior e perto da casa de um dos meus irmãos. Mas quando soube que o ingresso em Bauru, na frente do palco - e tudo sentadinho, que nem show do Roberto Carlos - tava R$ 400, o dobro do preço em São Paulo, mudei de idéia.

Pra quem estiver interessado, os shows e datas já confirmados no Brasil são:
9/03 - Bauru
10/03 - São Paulo
13/-3 - Rio
14/03 - Belo Horizonte
16/03 - Brasília
18/03 - Recife
20/03 - Fortaleza

***
E, mais uma vez, fiquei bestificada, como diria Renato Russo em Faroeste Caboclo, com a diferença irrisória dos preços, dependendo de quando você compra, das passagens de avião e de ônibus. Liguei agora em uma agência pra não escrever besteira e confirmei que tá mais caro eu ir de ônibus, enfrentando 17h de chão, provavelmente com um monte de muambeiro barulhento! R$ 152 de ônibus, R$ 270 de avião, sem taxas de embarque. E no trecho mais longo, que será a volta com conexão em Curitiba de 2h e pouquinho, serão menos de 5h de viagem.

Tá, mas é pela Gol na qual é sempre bom ter em mente que o café da manhã, o almoço, o lanche da tarde e a janta são os mesmos: bebida - um copo quando eles decidem ridicar -, barra de cereais - argh! - e uns amedoinzinhos algumas vezes - eu já disse que, da próxima vez que fizer uma viagem longa com eles, vou levar meu lanche e, quando passarem com o deles, vou tirar o saquinho e dizer: "não, obrigada, eu trouxe de casa!".

***

Que tristeza no Haiti, né? Aff, de TPM - bom, já passou agora a dita-cuja em si - eu só tenho chorado vendo os jornais. Quanta coisa em um país só! Mas como tudo tem o lado bom, é bacana ver a solidariedade mundial em torno deles. Só fico com pé atrás com doar dinheiro porque, infelizmente, sempre tem uns bandidos que reembolsam parte do que as pessoas dão de boa-vontade. Lembram da vergonha do roubo de doações para Santa Catarina por políticos e voluntários? Pessoinhas asquerosas!

***
E é isso. Hoje eu preciso concluir meu dia de Isaura, porque levei cano da diarista ontem e não consegui arrumar tudo por conta de uma enxaqueca punk. Depois vou trabalhar que meu domingo - digo, a folga da semana - foi ontem!

Delicioso final de semana pra quem ler isso aqui ; *
___
Ilustração: Pin bla bla bla, by una-dani

Comentários

  1. Oi querida!! Tão gostoso ler o seus textos dinâmicos e leves! Parece que a gente tá lendo seu pensamento.rs


    bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Oi Sheila!

    Eu li isso aí! kkk e vim correndo te responder!

    E tenho lido sempre mas...estou me sentindo "de luto" por tudo isso que está acontecendo no mundo neste início de ano.

    Eu tenho um post que está "programado" pois ainda não consegui finalizá-lo. Comecei a escrever dia 02 de janeiro quando aconteceu a tragédia de Angra...não consegui terminar de tanta tristeza. (quando eu estou muito triste não consigo escrever!!)Eu estive em Angra exatos 21 anos atrás, na minha lua de mel e fiquei muito impresionada com o acontecido.

    Meu aniversário foi dia 01 de janeiro e te confesso que não consegui me sentir feliz pois quando acordei já soube do desmoronamento. Como posso comemorar mais um ano de vida se tantas pessoas perderam as suas vidas horas antes??

    Por isso fiquei tantos dias sem escrever nada no blog.

    Comecei a escrever um post sobre Angra, mas não consegui terminar... quando estava querendo retomar o post ...acontece isso no Haiti! Dona Zilda morre... a TV mostra as pessoas desorientadas nas ruas, as crianças abandonadas sentadas no chão, outros nos escombros! nossa! Também estou como você...cada vez que passa uma reportagem eu me coloco no lugar deles e fico arrasada.

    Também já pensei em fazer doação em dinheiro mas também pensei no desvio e lembrei de Santa Catarina. É terrível essa sensação de impotência! Eu gostaria muito de estar lá para ajudar.

    Hoje precisei interromper este período de ausência pois minha sobrinha faz aniversário e quero colocar uma flor para ela lá no blog. Ela mora em Vitória e Isa está lá! Foi passar uns dias na casa da minha irmã para espairecer! O resultado final do vestibular saiu ontem e mais uma vez fiquei indignada em ver 50 candidatos preparadíssimos serem eliminados. Alguns colegas de Isa que eram destaques na sala dela, receberam inclusive homenagens pelo desempenho nos simulados que a escola fazia, com notas altíssimas e simplesmente não foram aprovados. Enquanto isso...os cotistas com notas infinitamente menores já são "acadêmicos de medicina" . Nossa! Me arrepio de tanto repúdio.

    Bem...já deu pra perceber por estas poucas linhas o meu estado emocional, né?

    Vou parando por aqui...assim que melhorar um pouquinho eu volto a postar.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Sheila, feliz ano novo! Bem, meu noivo mora em Sampa e já faz um tempo que comecei a fazer o trajeto Foz-São Paulo de avião. Já fui várias vezes de ônibus mas não compensa mesmo, a gente só fica quebrada e ainda corre risco de assaltos. Beijos, tudo de bom!!

    ResponderExcluir
  4. Ah, suas safadinhas, tavam quietinhas aí, né? rsrs
    ___
    Branca, sempre gentil!

    Eu vou de prosa porque sou incapaz de escrever poesia, lindamente, como você o faz! ;)
    ___

    Sandra querida,

    Vou lá no seu blog fazer um cafuné e dar um abraço que você tá precisando, não tá?
    ___

    Ellen,

    Pois é. Ano retrasado fui em um casamento pela última vez de ônibus, aí decidi que nunca mais na história desta vida, dependendo de mim, eu faria os 1100km entre aqui e São Paulo por terra!

    Tudo de bom pra você também!
    ____

    Beijocas e delicioso domingo, gurias.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que é um "scammer"?

Eu fico tanto tempo sem escrever que, quando volto, fico com vergonha, pode?
Em minha defesa quero dizer que andei muito ocupada e sem nada de interessante pra escrever e que ando visitando os blogs que curto mas NÃO CONSIGO comentar há semanas! Sempre dá erro.
Mas, vamos ao que me motivou voltar a escrever um post. E senta confortável porque a história é longa mas muito séria e importante de ser conhecida.
Vocês já ouviram falar em scammer ou scam?
Scam, traduzindo meia-boca do original inglês, é um golpe, trambique, cambalacho. Scammer é quem o pratica. Na internet os scams mais conhecidos são aqueles golpes que com certeza vocês já conhecem de receber um email dizendo que tem um dinheiro em um banco africano e que você foi escolhido pra ficar com aqueles milhões. Já não recebeu um desses emails?
Mas existe mais um tipo de scam que tem se alastrado e que eu conheci este final de semana, da forma mais dolorosa: quase sendo vítima dele. É o scam romântico.
Se por um lado eu me enverg…

As calcinhas no varal

Hoje lavei minha roupa e, ao estendê-la no varal, fiquei chocada com a "qualidade" de boa parte das calcinhas que ali estavam.

As mulheres que têm entre 30 e 35 anos provavelmente cresceram ouvindo suas mães dizerem para cuidar com a roupa de baixo que usa porque se desmaiar na rua todos verão a calcinha velha, o sutiã com alça encardida - nem é o tema do post, mas quero avisá-las que é verdade! Um ex-colega de faculdade, bombeiro, diz que sim, eles reparam, mesmo nos momentos mais complicados de socorro, se as "moçoilas" estão com calcinha feia! - e falarão que a dona da lingerie é uma porquinha!

Daí hoje, olhando as calcinhas no varal, eu fiquei pensando que ali estavam aquelas calcinhas que normalmente eu usaria só pra dormir. Mas eu não só durmo! Ou seja, eu saí com boa parte delas!!

"Analisando" o varal, lembrei de que eu sempre tentei ser caprichosa com o que vestia por baixo da roupa. Mesmo quando era casada tentava usar lingerie arrumadinha e depois,…

25 em 2013 - Livro 5: Sua resposta vale um bilhão

Eu sinto tanto só agora escrever sobre Sua resposta vale um bilhão que li em fevereiro! Principalmente porque vou deixar muita coisa bacana do livro de fora. Mas gostei tanto que, mesmo assim, vale a pena.
Minha história com o livro é longa. Sou apaixonada pelo filme Quem quer ser um milionário - sobre o qual comentei efusivamente aqui, há 4 anos. Naquela época eu já tinha me interessado pelo livro, primeiro do autor - um diplomata indiano - mesmo correndo o risco de me decepcionar com o filme depois de lê-lo.
Namorei o livro longamente até que encontrei na Estante Virtual - um site que reúne sebos do Brasil inteiro - no comecinho do ano. Paguei R$ 4- sim, quatro reais! - por uma edição praticamente nova.
Quanto à história, muita coisa é diferente do filme - e necessário, se pensarmos na impossibilidade de adaptar um livro inteiro pra 2h de película. Escrevendo isso, o que me vem à cabeça é que, na verdade, o filme é inspirado na idéia central, do menino pobre, criado no mundo e que ganh…