Pular para o conteúdo principal

... y otras cositas (15)

Noite friiiiia aqui em Foz. Uma delícia! Aqui na cama, com dois dos gatinhos me fazendo companhia, resolvi fazer este blog andar, ainda mais que tô com uns 10 posts no rascunho pra mostrar!

***

A pelota do Milo estourou esta madrugada. Só vi esta manhã e fiquei aliviada porque ontem à noite tava muito feio, ele até com o olhinho do lado do machucado inchado.

Amanhã cedo vamos no vet para ele dar uma olhada e, provavelmente, dar uma limpada mais profunda do que a que venho fazendo com água oxigenada.

***

Lembram que contei em Estreito que meu Blot tinha quebrado? Então, lá mesmo eu "colei" ele com álcool. O processo é bem simples: ir colocando gotas de álcool no pó - dá pra fazer com sombra, blush, etc - até que vire uma pasta. Aí a gente ajeita ele na embalagem e tira o excesso de álcool pressionando um guardanapo até que fique mais sequinho. Deixei ele ainda "descansando" até o dia seguinte e o bichinho ficou feio, mas voltou a funcionar. A impressão que eu tive foi que ele ficou menos eficiente mas, tudo bem, melhor que nada, né? Ainda dá um trato na oleosidade da pele e é só reaplicar com mais frequência do que antes.

***

Vocês viram o Fantástico hoje? Que bacanas as matérias sobre a África do Sul! Eu tô emocionada com uma festa como a Copa em um país, em um continente tão naturalmente esquecidos. Acho que vai ser muito bom pra gente conhecer a cultura sul-africana e, mais importante ainda, pra eles se mostrarem e se fazerem positivamente conhecidos.

A gente conhece tão pouquinho do mundo... Como tem coisa a ser vista!!

***

Todo mundo aí tomou vacina contra a H1N1? Eu fiquei indignada com o povo que não tomou! A desculpa que ouvi por aqui foi que não teve tempo, blá, blá, blá... Mas, gente, aqui em Foz na rua eles tavam vacinando! Pelo menos aqui, quem não vacinou foi porque não quis mesmo!

***

Sexta-feira foi aniversário da Fer, amiga da fac e fui pela primeira vez em um restaurante japonês. Como a culinária nunca me agradou - tirando yakissoba - nunca quis ir - até porque o restaurante escolhido é caro pra caramba! Bom, mas como era convite com tudo pago - tão raro... rsrs - fui e gostei. Eu, sinceramente, não sei o quanto gostei e não creio que comeria tanto peixe cru se não pudesse mergulhar tudo no shoyu antes, mas acho que é tosco a gente dizer que não gosta sem saber como é, né? Agora pelo menos eu conheço sushi e sashimi de japonês de verdade, não de mercado ou de churrascaria!

***

Andei pensando muito se contava isso aqui mas, como contei o começo da história, acho que deveria contar o fim, não por fofoca, nem pra contar história, mas porque sim: minha cunhada perdeu o bebê :'( Ficamos todos muito sentidos porque sabíamos o quanto eles queriam esta criaturinha. Mas Deus sabe o que faz. Na hora certa ele vem. E já muito amado!

***

E é isso. Vi uns 5 filmes esses dias e resolvi postar todos de uma vez porque senão demora demais se for um por dia. Faço isso amanhã. Já estão no rascunho e tudo!

Agora vou ajeitar a cama aqui e me deitar, porque este friozinho convida pro sono!

Boa semana à todos :**

Comentários

  1. Sheila, doce amiga!

    Obrigada querida, por suas palavras de afeto.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Porque a imprensa brasileira continua a ignorar estes novos acontecimentos que poe por terra a credibilidade da OMS em declarar esta falsa pandemia?

    Euronews: [VIDEO] Conselho da Europa: “A pandemia de gripe A nunca existiu”.
    http://pt.euronews.net/2010/06/05/gripe-a-novas-acusaces-contra-oms

    “A pandemia de gripe A nunca existiu”. Esta é a conclusão do relatório aprovado ontem pela assembleia parlamentar do Conselho da Europa, que acusa a Organização Mundial de Saúde (OMS) de ter “sobrestimado o vírus H1N1”.

    A investigação, chefiada pelo deputado britânico Paul Flynn, denuncia o "desperdício de fundos públicos na compra de vacinas" e as "ligações entre os peritos da OMS e os laboratórios farmacêuticos".


    BBC: Especialistas em gripe suína da OMS trabalhavam para a indústria farmacêuticas
    http://news.bbc.co.uk/1/hi/health/10235558.stm
    Traducao: http://www.anovaordemmundial.com/2010/06/bbc-especialistas-em-gripe-suina-da-oms.html


    Os principais cientistas por trás dos conselhos da OMS sobre estocar de medicamentos contra a gripe H1N1 tinham vínculos financeiros com empresas fabricantes de tais medicamentos, concluiu uma investigação.

    O BMJ - Jornal Britânico de Medicina - diz que os cientistas tinham declarado abertamente esses interesses em outras publicações e ainda assim a OMS não fez qualquer menção sobre estas ligações.

    ResponderExcluir
  3. Fui com umas amigas da Fatec esse fds num temakeria, elas também nunca tinham comida japonesa!! Sendo que uma delas é descendente também!! Que gente estranhas!! hahahhaha

    Vc só comeu sashimi? Tanta coisa boa...

    Aqui em Sampa eu tomei vacina na facul, acho que por aqui quase todo mundo tomou... Até os mais medrosos (meu namorado, por exemplo). E também estamos morrendo de frio aqui!!

    Bjoes, te mais!

    ResponderExcluir
  4. Branca querida,

    De nada :))

    ____

    Emerson,

    Eu sou meio avessa a teorias conspiratórias... Não posso dizer ou sei, sinceramente, se houve pandemia e tals, só sei que muita gente morreu, inclusive algumas pessoas que eu conhecia :S

    _____

    Oi Mel,

    Comi salmão, atum, um tipo de bolinho de salmão com arroz... Eu tenho a desculpa de não ter sangue nenhum japonês! rsrs

    ______

    Beijocas, boa semana.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que é um "scammer"?

Eu fico tanto tempo sem escrever que, quando volto, fico com vergonha, pode?
Em minha defesa quero dizer que andei muito ocupada e sem nada de interessante pra escrever e que ando visitando os blogs que curto mas NÃO CONSIGO comentar há semanas! Sempre dá erro.
Mas, vamos ao que me motivou voltar a escrever um post. E senta confortável porque a história é longa mas muito séria e importante de ser conhecida.
Vocês já ouviram falar em scammer ou scam?
Scam, traduzindo meia-boca do original inglês, é um golpe, trambique, cambalacho. Scammer é quem o pratica. Na internet os scams mais conhecidos são aqueles golpes que com certeza vocês já conhecem de receber um email dizendo que tem um dinheiro em um banco africano e que você foi escolhido pra ficar com aqueles milhões. Já não recebeu um desses emails?
Mas existe mais um tipo de scam que tem se alastrado e que eu conheci este final de semana, da forma mais dolorosa: quase sendo vítima dele. É o scam romântico.
Se por um lado eu me enverg…

As calcinhas no varal

Hoje lavei minha roupa e, ao estendê-la no varal, fiquei chocada com a "qualidade" de boa parte das calcinhas que ali estavam.

As mulheres que têm entre 30 e 35 anos provavelmente cresceram ouvindo suas mães dizerem para cuidar com a roupa de baixo que usa porque se desmaiar na rua todos verão a calcinha velha, o sutiã com alça encardida - nem é o tema do post, mas quero avisá-las que é verdade! Um ex-colega de faculdade, bombeiro, diz que sim, eles reparam, mesmo nos momentos mais complicados de socorro, se as "moçoilas" estão com calcinha feia! - e falarão que a dona da lingerie é uma porquinha!

Daí hoje, olhando as calcinhas no varal, eu fiquei pensando que ali estavam aquelas calcinhas que normalmente eu usaria só pra dormir. Mas eu não só durmo! Ou seja, eu saí com boa parte delas!!

"Analisando" o varal, lembrei de que eu sempre tentei ser caprichosa com o que vestia por baixo da roupa. Mesmo quando era casada tentava usar lingerie arrumadinha e depois,…

25 em 2013 - Livro 5: Sua resposta vale um bilhão

Eu sinto tanto só agora escrever sobre Sua resposta vale um bilhão que li em fevereiro! Principalmente porque vou deixar muita coisa bacana do livro de fora. Mas gostei tanto que, mesmo assim, vale a pena.
Minha história com o livro é longa. Sou apaixonada pelo filme Quem quer ser um milionário - sobre o qual comentei efusivamente aqui, há 4 anos. Naquela época eu já tinha me interessado pelo livro, primeiro do autor - um diplomata indiano - mesmo correndo o risco de me decepcionar com o filme depois de lê-lo.
Namorei o livro longamente até que encontrei na Estante Virtual - um site que reúne sebos do Brasil inteiro - no comecinho do ano. Paguei R$ 4- sim, quatro reais! - por uma edição praticamente nova.
Quanto à história, muita coisa é diferente do filme - e necessário, se pensarmos na impossibilidade de adaptar um livro inteiro pra 2h de película. Escrevendo isso, o que me vem à cabeça é que, na verdade, o filme é inspirado na idéia central, do menino pobre, criado no mundo e que ganh…