12 julho 2009

Apresentando: Azeitona e Naomi

Tá friiiio por aqui mas também faz um sol lindo! Aproveitei pra - tentar - tirar fotos - decentes - da Azeitona e da Naomi, as já moradoras da casa.

A Azeitona - que chamo de Zê - já veio com esse nome quando chegou na casa. Ela vivia com seu antigo dono na rua, os dois "moravam" ao lado do terminal de transporte urbano, onde eu trabalho eventualmente - temos um posto de informações turísticas lá. Ela sempre aparecia pra fazer festa pra gente, com o seu dono por perto.

Um dia ela começou a aparecer sozinha. Diretão. A vizinha de uma loja ao lado contou que ouvira falar que tinham matado o dono dela. Pouco depois a Vanessa descobriu que ela estava prenhe. Conseguimos convencer minha mãe a ficar com ela, respeitando sua condição de só recebê-la depois do parto - porque a Mãinha tem pavor de acompanhar parto de bichinho e nós nos comprometendo a arranjar dono pra todos os cachorrinhos. Aceitamos e, depois de algumas semanas lá em casa, ela veio pra casa nova.

A Azeitona é tão feinha que fica engraçadinha! É super-carinhosa mas muito assustada. Provavelmente passou por maus-bocados na rua; ela some ao ver alguém com vassoura perto dela e é muito difícil deixar alguém pegá-la no colo. Adora bater perna e, o pão com ela na foto não é cenográfico: ela fica na porta de manhã esperando um pedacinho de pão todo dia! E ai de alguém que tente tomá-lo. Na foto não dá pra ver direito, mas enquanto eu chamava o nome dela pra ela olhar pra foto, ela me olhava pelo canto dos olhos... e olhava pro pão! rsrs

O veterinário calcula que ela já seja velhinha, o que atestam sua barba branca e seus dentes... Ultimamente tenho percebido que ela enxerga menos à noite, tendo, frequentemente, corrido atrás até dos gatos da casa - durante o dia, ela não dá muita bola pra eles.

Ela é uma queridinha, boazinha demais!

E aí tem a Naomi - a minha Negusha - a gata mais blasée do Universo!

Pra vocês terem uma idéia do quanto ela é sossegada, eu a encontrei na rua, na frente da minha escola de francês. Estava indo lá só de passagem porque é na mesma rua do Centro - Espírita. A Naomi devia ter uns seis meses e estava no canto de dentro da calçada. Eu fiquei preocupada ao vê-la ali porque é uma rua de movimento e pensei que ela poderia ser atropelada. Daí peguei-a no colo, foi na Associação Franco-Brasileira com ela, depois fui no Centro... e ela não deu sequer um miado, foi tranquilinha pra toda parte no meu colo!

Quando fui morar com uma amiga ano passado, minha mãe pediu pr'eu deixá-la aqui por ter dó dela viver em um apartamento.

- ela veio deitar no meu colo agora -

Ela é a gata mais linda que conheço; infelizmente não consegui tirar uma foto do corpo inteiro dela, mas ela é peludíssima e dessa cor que é meio café... não um preto escurão. A criaturinha é um sossego só também, mia baixinho, não incomoda quando estamos comendo, não pede carne nem nada. E o mundo pode cair que, se ela estiver confortável dormindo em algum lugar, assim continuará - no começo do ano, ao vê-la dormindo aqui, a Vanessa perguntou qual era a graça de ter um bicho que só dorme e que não dá bola pra você! rsrs

Ela está com uns cinco anos mas continua notívaga - bom, parou um pouco agora no frio - e apreciadora de tomar sol na rua - onde ela estava quando tirei a foto, inclusive. Mas morro de medo dela ficar lá e acabar sendo atropelada!

Dos gatos que tive ela é, provavelmente, a que tem mais características felinas - quanto a fazer as coisas no seu tempo e ao seu modo - o que não a torna chata, já que ela tem um jeito muito dengoso e irresistível de miar baixinho quando quer pular no colo, ou quando quer só um cafuné.

Sinceramente, não sou a maior fã de casa com tantos bichos como está agora - três gatos e uma cachorrinha - mas gosto de ver os gatos correndo pela casa ou, como faziam há pouco, brincando no sol lá fora, enquanto a Zê lagarteia e cuida do seu pão.

3 comentários:

  1. 1 - A Catita mete num bolso a Azeitona e o Maniche comparado com a Naomi... nem digo nada pois a bichinha nunca mais teria coragem de sair de casa!

    2 - Como sempre, não estava errado. Mas da próxima, escrevo "passou ao lado nas colónias" LOL

    ResponderExcluir
  2. Oi Pedro,

    Pois é, bichinhos em profusão...

    ____
    Luís,

    1- O motivo da Catita meter a Azeitona no bolso deve ser pela feiúra dela - da Catita, of course! Já o Maniche assustar a Naomi... bom, não duvido, depois de tudo que você já contou dele. Até porque minha gatinha é uma lady, né?

    2- Nem sempre você está certo. Neste caso, não está, cabeça-dura!!

    ____

    Beijocas e boa semana pros dois - mesmo pro íngua!!

    ResponderExcluir