Pular para o conteúdo principal

... y otras cositas (2)

Influenza A... A coisa parece que começa a assustar todo mundo, inclusive a mim, confesso! As faculdades e escolas estaduais - além das particulares - do Paraná cancelaram as aulas até o dia 10 de agosto. A esperança é que o clima esquente e assim diminuam os casos de problemas respiratórios em geral.

***

Dubai agora é outra alternativa pra mim ano que vem. A sugestão foi delicadamente dada por uma colega de trabalho super-sutil que disse que eu não tenho nada mesmo - nem namorado - e que era uma boa ir pra Dubai trabalhar em um hotel. O assunto surgiu depois de lermos uma matéria da VEJA, desta semana, se não me engano, dizendo que é grande a procura por brasileiros por conta da simpatia. De verdade, a idéia me pareceu interessante...

***

Da mesma colega ouvi uma que me fez rir do pensamento que algumas pessoas AINDA tem: falávamos de preconceito, no sentido de "conceituarmos" alguém sem o conhecermos direito e ela me soltou essa: "Eu nunca pensei que você é sapatão só porque você tá sempre com mulher!". Na verdade, para dar esse exemplo, claro que ela já pensou nisso! Pois é. Eu ter sido casada por 7 anos não quer dizer nada... mas eu ter amigas e sair sempre com elas, sim! Tsc, tsc, tsc...

***

Em outra VEJA, de umas duas semanas atrás, li a matéria Sozinhos.com? Discordei da afirmação do antropólogo inglês Robin Dunbar que diz que "a internet é muito boa para administrar amizades já existentes, garantindo sua continuidade mesmo a grandes distâncias, mas é ruim para criar do zero relações de qualidade".

Comassim?! Eu tenho pelo menos duas amigas de verdade que conheci através da net, além de outras pessoas e relacionamentos! Acho que a net não é esse bicho-papão. Mas sei que tem gente que só vive pra ela. Da minha parte, fiquei feliz ao fazer um teste lá e descobrir que não sou viciada na dita-cuja.

***

Sonora Brasil. Se na sua cidade tem SESC e esse projeto passar por aí, não deixe de conferir! No folhetinho diz o seguinte:

"Cumprindo sua missão de difundir o trabalho de artistas que se dedicam à construção de uma obra de fundamentação artística não-comercial, o SONORA BRASIL consolida-se como o maior projeto de circulação musical do Brasil. Em 2009 são 331 concertos, a maioria em cidades distantes dos grandes centros urbanos".

Aqui em Foz teve apresentação anteontem. Ouvimos os violonistas Marcelo Fernandes, de Campo Grande e Henrique Annes, de Recife - o projeto traz em cada etapa dois violonistas, um de cada região do Brasil, desta vez foi Centro-Oeste e Nordeste. Uma delícia ouvir as histórias, as músicas! Confiram, se puderem!

***

Fui no dermatologista quarta-feira e fiquei feliz com o tratamento que ele me passou à base de ácido glicólico, além do sabonete especial e do protetor solar. Pensei que fosse me encher de coisas, mas pelo jeito eu tô com a pele boa aos 34 anos. Na verdade, não fui lá querendo carinha de 20 anos - até porque minha pele era uma nhaca nessa idade! - já que me orgulho dos meus "pés de pintinho"!

***

Ainda na Saúde, fiz uns exames de sangue, à pedido do meu oftalmo, que estranhou a mudança de grau nos meus olhos de março pra cá. Ele suspeitou que eu pudesse estar com diabetes. Acabou pedindo exame de colesterol e triglicerídeos também. Fiquei preocupada... com todos os exames! Mas deu normal, ou no limite. Preciso me cuidar, anyways... E fazer meus óculos novos para parar de apertar os olhos pra ler algumas coisas menorzinhas - eu acho que em março fizemos errado os exames, só isso.

***

No mais, tudo bem. Tô de folga hoje e estava montando os capítulos da Monografia. A vontade é de ficar na cama, morgando... mas não dá, né?

Delicioso final de semana pra vocês :*

Comentários

  1. Sheila, você sempre me faz rir!

    Essa sua amiga é uma graca! kkkk
    (Desculpe mas meu teclado não tem o cedilha!!!!)
    Diz cada coisa! só rindo!

    Aquele meu cunhado que foi pra Ushuaia, adora viajar e disse que em breve irá para Dubai.
    Como eu sempre digo (e disse pra minha irmã quando ela me perguntou o que eu achava sobre ela e a família irem morar no Espírito Santo) a gente não é árvore, não tem raiz, então...deve ir pra onde o vento sopra melhor!

    É assim que eu penso. se vai ser bom, então vai. E quando der saudade...volta. Ou se mudar de idéia...volta também! Acho que a liberdade e o poder de decidir para onde ir e o que queremos são umas das melhores coisas da vida.

    Olha, não sou médica nem entendo nada de nada, mas uma vez um oftalmo me disse que o anticoncepcional pode interferir nessa mudanca abrupta de grau...devido aos hormônios , não sei se é seu caso.
    Bjs,
    AA.

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandra,

    Que bom que lhe faço rir! rsrs

    Minha "colega" - porque de amiga assim a gente foge, né? - é mais "sem noção" do que maldosa. Aliás, acho que é 100% sem noção!

    Lindo isso da gente não ter raiz pra ter que se prender a algum lugar! E sei que você tá certa. Eu gosto de pensar que tudo vale na nossa vida como experiência... mesmo que seja experiência ruim!

    Interessante isso do anticoncepcional... Vou pesquisar.

    Beijocas e obrigada pelo carinho de sempre :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que é um "scammer"?

Eu fico tanto tempo sem escrever que, quando volto, fico com vergonha, pode?
Em minha defesa quero dizer que andei muito ocupada e sem nada de interessante pra escrever e que ando visitando os blogs que curto mas NÃO CONSIGO comentar há semanas! Sempre dá erro.
Mas, vamos ao que me motivou voltar a escrever um post. E senta confortável porque a história é longa mas muito séria e importante de ser conhecida.
Vocês já ouviram falar em scammer ou scam?
Scam, traduzindo meia-boca do original inglês, é um golpe, trambique, cambalacho. Scammer é quem o pratica. Na internet os scams mais conhecidos são aqueles golpes que com certeza vocês já conhecem de receber um email dizendo que tem um dinheiro em um banco africano e que você foi escolhido pra ficar com aqueles milhões. Já não recebeu um desses emails?
Mas existe mais um tipo de scam que tem se alastrado e que eu conheci este final de semana, da forma mais dolorosa: quase sendo vítima dele. É o scam romântico.
Se por um lado eu me enverg…

As calcinhas no varal

Hoje lavei minha roupa e, ao estendê-la no varal, fiquei chocada com a "qualidade" de boa parte das calcinhas que ali estavam.

As mulheres que têm entre 30 e 35 anos provavelmente cresceram ouvindo suas mães dizerem para cuidar com a roupa de baixo que usa porque se desmaiar na rua todos verão a calcinha velha, o sutiã com alça encardida - nem é o tema do post, mas quero avisá-las que é verdade! Um ex-colega de faculdade, bombeiro, diz que sim, eles reparam, mesmo nos momentos mais complicados de socorro, se as "moçoilas" estão com calcinha feia! - e falarão que a dona da lingerie é uma porquinha!

Daí hoje, olhando as calcinhas no varal, eu fiquei pensando que ali estavam aquelas calcinhas que normalmente eu usaria só pra dormir. Mas eu não só durmo! Ou seja, eu saí com boa parte delas!!

"Analisando" o varal, lembrei de que eu sempre tentei ser caprichosa com o que vestia por baixo da roupa. Mesmo quando era casada tentava usar lingerie arrumadinha e depois,…

25 em 2013 - Livro 5: Sua resposta vale um bilhão

Eu sinto tanto só agora escrever sobre Sua resposta vale um bilhão que li em fevereiro! Principalmente porque vou deixar muita coisa bacana do livro de fora. Mas gostei tanto que, mesmo assim, vale a pena.
Minha história com o livro é longa. Sou apaixonada pelo filme Quem quer ser um milionário - sobre o qual comentei efusivamente aqui, há 4 anos. Naquela época eu já tinha me interessado pelo livro, primeiro do autor - um diplomata indiano - mesmo correndo o risco de me decepcionar com o filme depois de lê-lo.
Namorei o livro longamente até que encontrei na Estante Virtual - um site que reúne sebos do Brasil inteiro - no comecinho do ano. Paguei R$ 4- sim, quatro reais! - por uma edição praticamente nova.
Quanto à história, muita coisa é diferente do filme - e necessário, se pensarmos na impossibilidade de adaptar um livro inteiro pra 2h de película. Escrevendo isso, o que me vem à cabeça é que, na verdade, o filme é inspirado na idéia central, do menino pobre, criado no mundo e que ganh…