28 dezembro 2009

Li: Um oceano nos separa

(segunto post do dia)

Rosamunde Pilcher é uma das minhas escritoras preferidas!

Eu adoro o modo detalhado como ela descreve paisagens britânicas - especialmente da Escócia e da Cornualha, os dois extremos da ilha da Grã-Bretanha -, comidas e flores - as quais, em maioria esmagadora, eu não conheço. Por mais que suas personagens sejam sempre meio parecidas, gosto muito dela!

Então, quando vi um livro do seu filho contendo, na contra-capa elogios e comparações com o que ela escreve, peguei-o!

Um oceano nos separa conta a história de David, herdeiro de uma destilaria de uísque escocesa que, após perder a esposa de quem cuidou quando ela descobriu-se com câncer, passa por um colapso nervoso quando está em Nova York. Ele decide então passar um tempo nos EUA, longe dos pais e dos filhos para voltar a ser o que era antes. Emprega-se como jardineiro e o envolvimento com o piá da casa onde vai trabalhar e a governanta acabam ajudando-o a decidir seguir em frente.

Tá, é um resumo meio chumbrega, mas é mais ou menos isso aí. A história é simpática, meio inverossímil às vezes, mas até gostosinha de ler. Realmente parece com as coisas que a mãe dele escreve - a descrição das paisagens do norte da Escócia são maravilhosas! -, mas tem também uma identidade própria. Meio que me irritaram as passagens onde o personagem principal tinha uns ataques de auto-comiseração, mas tudo bem, as descrições dos momentos de David com a esposa compensam essas mais fraquinhas porque são lindas, ternas... dá pra gente sentir mesmo o amor que eles tinham um pelo outro!

Me deixou curiosa para ler outras coisas dele - ah, ele é o Robin Pilcher!

Título original: An ocean apart
Autor: Robin Pilcher
Editora: Bertrand Brasil
2000

Nenhum comentário:

Postar um comentário