23 dezembro 2009

Buenos Aires (6): Os passeios

Como disse anteriormente, andamos muito e vou tentar resumir minha impressão dos locais visitados.

Cementério de La Recoleta: Cemitério ponto turístico?! Pois é, que eu saiba só Buenos Aires e Paris têm tal coisa. E vale a pena visitar! Este cemitério tem túmulos gigantes, alguns têm escadas na entrada - em tamanho natural! Tristemente muitos túmulos andam bem abandonados. E novos moradores apareceram: gatos. A Fer brincou questionando o que eles comiam no cemitério para serem tão gordinhos... rsrs

Calle Florida: É o que os argentinos chamam de pietonal, o nosso calçadão. É bem no centro, tem muitas lojas bacanas, uns 20 McDonald's e uns 10 HSBC. Andamos lá duas vezes, compramos tranqueirinhas. Minhas lojas preferidas foram as de bijoteria e afins que tinham coisas baratésimas!

Galerias Pacífico: Fica na Calle Florida. É um shopping lindo, em um prédio antigo. Os vitrais da abóbada central são maravilhosos, as lojas super-chiques e a praça de alimentação óótema! Ah, e tem o melhor mapa grátis de Buenos Aires! rsrs

La Boca: Também chamada por mim de "la boca caliente", porque é um bairro bem turístico, mas boca quente mesmo, perigoso. É lá que fica La Bombonera, o estádio do Boca Juniors, e El Caminito, aquela rua com casas coloridas largamente fotografada e propagandeada. É bonito, mas turístico demais. No entanto, foi onde encontrei as lembrancinhas mais fofas, tipo imãs de geladeira, chaveiros, etc e tal. Também foi onde fomos sacaneados - perdão pela expressão - em um restaurante, mas conto disso quanto falar da comida.

Plaza de Mayo/Casa Rosada: Lembram das Mães da Praça de Mayo? É aqui ainda que essas senhoras, mães de desaparecidos durante o regime militar argentino, ainda se reúnem semanalmente em protesto pacífico. Eu queria muito tê-las visto mas chegamos na sexta-feira e elas se reúnem às quintas :( Outros protestos acontecem ali, faixas são encontradas facilmente expondo alguma reivindicação. É também aqui a sede do governo, a Casa Rosada e outros prédios administrativos do país. A foto é da praça, mostrando - dá pra ver? - o Obelisco no final da Av. de Mayo.

San Telmo: Feira de antiguidades e de artesanatos. Amei as coisas vendidas ali! Quadrinhos feitos em ajulejos, moedas cortadas artisticamente, cd's antigos e recentes... e coisas de feiras hippies. Comprei uns lenços - adoooro pashminas - e foi, provavelmente nessas bancas de imigrantes, em sua maioria bolivianos, que encontrei alguns bichinhos que comeram minhas mãos! Como sou alérgica, até hoje estou tratando de picadas - pulgas? borrachudos? - que viraram machucados e só agora estão secando.

Avenida Corrientes: É o lugar mais "culto" que visitamos. Livrarias, sebos, teatros, lojas de cd's... Uma avenida linda! Andamos por lá na noite de sábado e ficamos encantadas com sua vida!

Passamos por outros lugares menos turísticos mas foram esses que me encantaram. Acho que o único no qual não voltaria seria "La Boca caliente". Os demais, visitaria com mais tempo.

Não fui em Palermo e Puerto Madero, outros points. Provavelmente os teria amado, mas ficaram pra próxima :(

Isso foi um resuminho, porque vimos tanta coisa bacana... Sabe aquela breguice de "cada mergulho um flash"? - hahaha, direto do túnel do tempo, né? - em Buenos Aires foi: cada esquina uma coisa bacana pra ser vista!


2 comentários: