Pular para o conteúdo principal

50 coisas que me fizeram feliz na década (2/5)

Eis a segunda parte do que mais me fez feliz na última década - que começou em 01 de janeiro de 2000 e termina em 31 de dezembro de 2009. Menos pro Rubens! hahaha


11- Chenson: Essa é uma marca chinesa de bolsas - ok, o que, me digam, por favor, não é produzido na China hoje em dia, o quê?? - e minha veeeelha conhecida do Paraguai. A maioria das minhas bolsas - e carteiras - de sempre foram compradas lá. A qualidade é equivalente às bolsas compradas no Brasil e o preço similar, dependendo da cotação do dólar. Nos últimos 10 anos não sei quantas bolsas lindas comprei lá, as últimas aquisições foram uma carteira - liiiiindaaaaa!! - pro baile de formatura da minha turma e, como era última peça, não me custou nem R$ 10! E a bolsa que comprei pra minha irmã de Natal que foi uns R$ 40 mais cara, mas é maravilhosa! - acho que não a avisei que, se ela não quiser, eu quero! rsrs. A Chenson me fez, definitivamente, muito feliz nos últimos 10 anos!

12- Pixar: Monstros S/A (2001), Procurando Nemo (2003), Os incríveis (2004), Wall-E (2008), Up - Altas aventuras (2009). Duvido que alguém que tenha visto ao menos uma dessas animações não concorde comigo que a Pixar fez a gente mais feliz nesta década! Não acho que sejam filmes apenas pra crianças, pelo contrário: acho que adultos podem tirar liçõezinhas que a molecada ainda não consegue entender. Procurando Nemo e Up - Altas aventuras são meus mais queridos! P.S.- Só citei os filmes que vi, Ratatouille e Carros não vi inteiros. Ainda!

13- Martha Medeiros: Tema da minha monografia, ela não poderia faltar aqui. Eu já conhecia o que a Martha escreve muito antes de saber que eram coisas dela. Delicada, feminina, realista, humana... Muito do que leio poderia ter sido escrito por mim - as idéias, não a forma, né? Tô looonge disso! rsrs. Algumas coisas que ela "diz" não batem com o que penso, mas lê-la, estudá-la, foi uma coisa muito gostosa e que quero seguir fazendo.

14- Depilação com cera: As adeptas vão entender bem do que falo. Os mocinhos vão lembrar de que uma pele depilada com cera é muito mais gostosa de tocar - e etc e tal - que uma pele na qual foi usada lâmina de barbear! Minha história com a depilação tem idas e vindas. Era adolescente e já me depilava com cera quente. Fui, voltei, fui, voltei... e agora encontrei a depiladora mais próxima da perfeição, com quem estou há 4 anos. Não dá pra dizer que não dói - alô, tão puxando seus pelos pela raiz!! alguns em lugares extremamente delicados!! -, mas a alegria de se sentir lisinha, limpinha depois, não tem preço! Além de que, é fato, seus pelos começam a nascer cada vez mais fraquinhos, fininhos e espaçados. Não imagino minha vida sem depilação à cera mais!

15- Fernando Meirelles: Amo de paixão! Pra mim não é só o melhor diretor de cinema do Brasil: é um dos melhores do mundo! Até de Cidade de Deus (2002), filme que tem muito mais violência do que eu costumo aguentar, eu gostei! O Jardineiro Fiel (2005) e Ensaio sobre a cegueira (2008) estão entre meus filmes preferidos! E ele me parece muito gente boa! Todos que trabalham com ele só falam bem! Ah, e uma das coisas mais legais que vi no Youtube foi o vídeo que o filho dele fez da reação do José Saramago ao ver, pela primeira vez, a versão dele para seu livro Ensaio sobre a cegueira. De emocionar!

16- Moymoy Palaboy: Outra preciosidade do Youtube. Bobíssimo, mas hilário! Esses irmãos filipinos são muito engraçados, fazendo vídeos super-simples - normalmente feitos na cozinha de casa, com a tia passando ao fundo -, com músicas de tudo quanto é tipo. Falei dele aqui e aqui, outra mostra do talento dos piás, cantando Marimar, da Thalia - atenção pro peito peludo e a costeleta fakes! hahaha

17- Bem-te-vis: Acho que nunca falei aqui que bem-te-vis são meus passarinhos preferidos! Aqui em Foz tem muito e até em Buenos Aires eu os ouvi - queria saber como se chamam lá... bien-te-vi? rsrs. Qualquer canto de passarinho é lindo - bom, de alguns não, na verdade, como o do uirapuru que tem os olhos furados por alguns cruéis donos para cantarem sempre... -, mas o bem-te-vi tem uma alegria que eu não sei descrever! Além do mais, eles são tão bonitos com seus peitos amarelos! Em muitos momentos tristes, foi o canto de um bem-te-vi na minha janela que me fez sorrir, enxugar as lágrimas e seguir em frente.

18- Livros de auto-ajuda para mulheres: Eu os adoro! hahaha. Homens são de Marte, mulheres são de Vênus, O que toda mulher inteligente deveria saber - meu preferido! -, Ele não está tão a fim de você... Algumas vezes estes livros são patéticos, mas sempre têm alguma coisa que pode ser aproveitada em nossa vida. Eu aprendi muito com eles. Me ajudaram a entender melhor os homens - porque difícil mesmo é entender as mulheres, né? rsrs

19- Itaporá: Itaporá fica há uns 100 km, entrando na Argentina. É um camping com algumas cabanas de madeira com uma sala ampla com dois bicamas, conjugada com a cozinha - com panelas, fogão e mini-bar -, um quarto com duas ou três camas, e um banheiro. Tem duas piscinas, campo de futebol - acho que é aquele menor... society, né? - churrasqueira ao lado de cada cabana, área pra acampar e uma espécie de salão de festas. Nem sei como minha família descobriu Itaporá mas, pelo preço camarada - acho que hoje não fica nem R$ 100 o aluguel da cabana pra até 5 pessoas! -, ali se tornou um lugar muito frequentado por nós. Já passamos viradas de ano ali, feriados, finais de semana... Faz um tempinho que não vamos e falar de lá me deu saudade. Precisamos voltar - aff, pareceu final da quarta temporada de Lost essa última frase! rsrs

20- Fofocódromos: Somos oito mulheres na minha equipe de trabalho, na mesma função que eu. Já fomos onze. E inventamos umas reuniões femininas na casa de uma ou outra onde levámos comes e bebes e conversávamos muito, ríamos, falávamos da vida alheia - daí o nome, dado pela Rose, acho, fofocódromo. O local mais frequente pras reuniões era o apartamento onde eu morei até o começo do ano, mas com a dona dele, a Angélica, morando lá. Era proibida a presença masculina, mas sempre tinha uma que parecia grudada no marido e que dava um jeito dele chegar antes do final. Saudades dos fofocódromos. Ontem comentei com a Rose que falaria deles num post e ela disse que temos que aproveitar as férias para ressuscitá-los. Concordo!!

Comentários

  1. Oi Sheila,

    Estou falando sério, não é brincadeira. Veja a explicação aqui: http://www.klickeducacao.com.br/2006/materia/20/display/0,5912,POR-20-88-1075-2819,00.html

    Oficialmente, de acordo com a Matemática e com a História, a década só acaba no próximo ano. Mas informalmente as pessoas comemoram agora.

    Então a gente comemora agora e ano q vem tbém! :)

    bjo

    ResponderExcluir
  2. Como é bom ter uma vida cheia de lembranças boas que podem ser divididas não só com os netos, mas com os amigos blogueiros!
    feliz 2010 para ti e para todos os seus, que seja um renascer de vida, onde suas esperanças são renovadas pelo desejo de novas conquistas!
    beijos

    ResponderExcluir
  3. rsrs

    Rubens, você me lembrou agora o Luís, querido amigo e blogueiro de quem já falei aqui. O Luís que tem essa de querer que eu aceite o que ele acha e fica me mandando links! hahaha

    Mas então tá, a década só termina no final de 2010. Mas como comemorei o começo dela em 2000 e não a quero com 11 anos... ;)
    ___

    Cíntia querida,

    Um 2010 especialíssimo pra você, querida! Amém!
    ___

    Beijocas com carinho.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você sabe o que é um "scammer"?

Eu fico tanto tempo sem escrever que, quando volto, fico com vergonha, pode?
Em minha defesa quero dizer que andei muito ocupada e sem nada de interessante pra escrever e que ando visitando os blogs que curto mas NÃO CONSIGO comentar há semanas! Sempre dá erro.
Mas, vamos ao que me motivou voltar a escrever um post. E senta confortável porque a história é longa mas muito séria e importante de ser conhecida.
Vocês já ouviram falar em scammer ou scam?
Scam, traduzindo meia-boca do original inglês, é um golpe, trambique, cambalacho. Scammer é quem o pratica. Na internet os scams mais conhecidos são aqueles golpes que com certeza vocês já conhecem de receber um email dizendo que tem um dinheiro em um banco africano e que você foi escolhido pra ficar com aqueles milhões. Já não recebeu um desses emails?
Mas existe mais um tipo de scam que tem se alastrado e que eu conheci este final de semana, da forma mais dolorosa: quase sendo vítima dele. É o scam romântico.
Se por um lado eu me enverg…

As calcinhas no varal

Hoje lavei minha roupa e, ao estendê-la no varal, fiquei chocada com a "qualidade" de boa parte das calcinhas que ali estavam.

As mulheres que têm entre 30 e 35 anos provavelmente cresceram ouvindo suas mães dizerem para cuidar com a roupa de baixo que usa porque se desmaiar na rua todos verão a calcinha velha, o sutiã com alça encardida - nem é o tema do post, mas quero avisá-las que é verdade! Um ex-colega de faculdade, bombeiro, diz que sim, eles reparam, mesmo nos momentos mais complicados de socorro, se as "moçoilas" estão com calcinha feia! - e falarão que a dona da lingerie é uma porquinha!

Daí hoje, olhando as calcinhas no varal, eu fiquei pensando que ali estavam aquelas calcinhas que normalmente eu usaria só pra dormir. Mas eu não só durmo! Ou seja, eu saí com boa parte delas!!

"Analisando" o varal, lembrei de que eu sempre tentei ser caprichosa com o que vestia por baixo da roupa. Mesmo quando era casada tentava usar lingerie arrumadinha e depois,…

25 em 2013 - Livro 5: Sua resposta vale um bilhão

Eu sinto tanto só agora escrever sobre Sua resposta vale um bilhão que li em fevereiro! Principalmente porque vou deixar muita coisa bacana do livro de fora. Mas gostei tanto que, mesmo assim, vale a pena.
Minha história com o livro é longa. Sou apaixonada pelo filme Quem quer ser um milionário - sobre o qual comentei efusivamente aqui, há 4 anos. Naquela época eu já tinha me interessado pelo livro, primeiro do autor - um diplomata indiano - mesmo correndo o risco de me decepcionar com o filme depois de lê-lo.
Namorei o livro longamente até que encontrei na Estante Virtual - um site que reúne sebos do Brasil inteiro - no comecinho do ano. Paguei R$ 4- sim, quatro reais! - por uma edição praticamente nova.
Quanto à história, muita coisa é diferente do filme - e necessário, se pensarmos na impossibilidade de adaptar um livro inteiro pra 2h de película. Escrevendo isso, o que me vem à cabeça é que, na verdade, o filme é inspirado na idéia central, do menino pobre, criado no mundo e que ganh…