17 janeiro 2009

Li: A arte de correr na chuva

Li o livro ano passado e há pouco, quando pensava no nome do protagonista, que percebi que não o comentei!

A arte de correr na chuva foi presente de Natal da D. Idete, mãe da Vanessa, que é também um pouco minha mãe.

Bom, como os outros livros que gosto, esse foi lido rapidinho, em dois dias. Comecei a leitura meio... reticente, eu diria, porque livro com cachorro, em tempos de Marley e eu me parecia uma idéia meio "roubada". Mas lá fui eu ler A arte de correr na chuva.

Ao ver referências a Ayrton Senna logo no começo do livro, quase desanimei de novo. Explico: devo fazer parte do 1% da população mundial que não era fã do Senna, não via corrida de Fórmula 1 e não achava grande coisa ele ganhar corridas. No entanto, admiro sua irmã e o trabalho dela à frente do Instituto Ayrton Senna. E as referências ao piloto logo são explicadas quando a história realmente começa.

Enzo é o narrador da história. É uma cão mestiço, tem alguma coisa de labrador, alguma coisa de terrier, e é escolhido por Danny - um piloto de corridas, fã de Ayrton Senna - para ser seu companheiro. Enzo é um cão diferente porque adora assistir programas do canal da National Geographic, filosofa um pouco, usando frases ouvidas de Danny ou vistas na tevê e adora assistir corridas, as disputadas pelo dono e as de Ayrton Senna, que ele considera o melhor piloto que já existiu. Danny logo se casa com Eve, têm uma filhinha... e é essa história da vida de sua família que Enzo conta, quando está no final de sua vida - e isso não é spoiler, a gente sabe que ele está doente já no primeiro capítulo.

A história é terna. Pouca coisa lembra Marley e eu afinal. Em muitos momentos me emocionei: na doença de Eve e na sua vontade de viver, no amor de Danny pela esposa, pela filha e pelo seu cachorro, na adoração de Enzo pelo dono...

Livro gostosinho de ler. Talvez esquecível. Mas daqueles que, quando chegamos ao fim, fechamos com o coração mais leve.

Título original: The art of racing in the rain
Autor: Garth Stein
Editora: Ediouro - Prestígio
2008

4 comentários:

  1. Presente da mae o car#@%@# haihiahihah
    eu q dei ze oreia!?!!!
    ahiahiahiahiha

    ResponderExcluir
  2. hahaha

    Sabe que eu fiquei em dúvida?! Verdade, da mãe foi a blusa. Sorry.

    Retificando: O PRESENTE FOI DA VANESSA!!!!

    - inclusive ela pegou pra ler e até hoje não devolveu... 8-) -

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sheila! Posso incluir seu blog na Confraria dos 50? Posso fazer os posts com as suas leituras de 2009? Publico seus textos na íntegra, tal como estou fazendo com os textos dos bloggers da Confraria.Abraço, Lector in Fabula.

    ResponderExcluir
  4. Oi Nelida!

    Eu adoraria, obrigada!! :D

    Beijocas e boa semana.

    ResponderExcluir