26 dezembro 2008

Assumo!!

Ando ouvindo Victor e Leo... e gostando! :O

Não é o tipo de música que costumo gostar, mas confesso que o Leo canta direitinho e que o Victor escreve bonitinho (tirando aquela execrável "Fada", com suas rimas bobas!). Baixei algumas e fico escutando com certa freqüência. Ao ouvi-las vejo algumas historinhas na minha cabeça, ilustrando passagens recentes da minha vida...

Ouvi repetidas vezes "Borboletas" (Borboletas sempre voltam/E o seu jardim sou eu), "Meu eu em você" (Eu sou tua saudade reprimida/Sou o teu sangrar ao ver minha partida/Sou o teu peito a apelar, gritar de dor/Ao se ver ainda mais distante do meu amor), "Tem que ser você" (Me leva onde você for/Estarei muito só sem o seu amor) e "Lembranças de amor" (Preciso te dizer o que acontece com meu sentimento/Chego em casa, não te vejo/O meu desejo é te ligar correndo)...

Claro que, depois de versos tão doloridos, bate aquela deprê. Mas vejo isso como um mérito da dupla: um mocinho compõe com sensibilidade (e é lindinho) e o outro canta com emoção, interpretando as letras (porque tem diferença entre cantor e intérprete!).

Estou gostando de ouvi-los. De verdade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário