12 dezembro 2008

Compras no Paraguai

Hoje fui até Ciudad del Este, a cidade paraguaia que faz fronteira com Foz, acompanhar minha mãe na compra de algumas lembrancinhas de Natal.

Na volta, quando conversava com um amigo que não conhece o Paraguai e me fez uma pergunta sobre o comércio de lá, me peguei pensando em um monte de "cositas" que, provavelmente, são curiosidades comuns de quem ainda não esteve lá e outras futilidades, e resolvi falar delas aqui. Não é um guia rápido de compras! Mas acho que são levemente interessantes...

1º) Ciudad del Este é logo ali. É cruzar a Ponte da Amizade e se está no centro comercial da cidade. É curioso porque, normalmente, centro da cidade fica... no centro da cidade! O que não acontece na vizinha.

2º) A moeda oficial do país é o guarani e o câmbio é mais ou menos assim: R$1 = G$ 2500. Não, não digitei zeros a mais, é isso mesmo. Anyways, em praticamente parte alguma do centro comercial destinado aos turistas você encontrará os preços em guarani, mas caso encontre, calma! Infelizmente a moeda dos vizinhos é super-desvalorizada.

3º) Se vai gastar muuuito dinheiro, compensa levar dólar. Se são coisinhas mais simples, vá com real mesmo pra não perder dinheiro na compra e, posteriormente, na venda da moeda estrangeira que sobrar.

4º) Importantíssimo! Quando for encomendar alguma "coisinha" do Paraguai para aquele amigo/parente/conhecido que mora em Foz, tenha certeza de ser amado pela pessoa: 1 em cada 5 moradores de Foz gosta de ir ao Paraguai! Os motivos são vários, desde o tumulto que é por lá, até a sujeira das ruas, passando pelo perigo de ser roubado... Então, quando pedir que o iguaçuense "dê uma olhadinha" em uma câmera digital no Paraguai (para depois ele voltar outro dia para comprar!) saiba se mora realmente no coração do dito-cujo.

5º) Caso esteja em Foz e seu anfitrião se ofereça para acompanhá-lo por lá (ou você o convidar), por favor, é gentileza oferecer uma lembrancinha, né? Descubra o que agradaria seu cicerone e presentei-o ali mesmo! Não tem quem não goste de presente!

6º) Pesquise, pesquise, pesquise! Desconfie de preços muito baixos ou díspares de outras lojas. Não pense que passará a perna em alguém ali comprando um produto super-barato... preciso dizer quem será o trouxa da história?

7º) Coma chipa! Procure um vendedor que as traga embrulhadinhas, bonitinhas e se delicie com uma especialidade paraguaia!!

8º) Com dinheiro é uma maravilha ir ao Paraguai! TUDO que você imaginar você encontra lá! Hoje o que mais me encantou foi um presépio (meu sonho de consumo natalino!) feito como se fossem pequenas matrioshkas!!

No mais, é ir com espírito aventureiro, não pensando que encontrará coisas boas absurdamente baratas e nem que só existe porcaria no comércio de Ciudad del Este. Tem muita loja bacana, muita coisa bacana que está ali pra ser descoberta por mais um comprador curioso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário